Ecografia das glândulas salivares

Descrição

A saliva, produzida pelas glândulas salivares, tem variadas e essenciais funções. Três glândulas salivares major, em pares (parótidas, submandibulares e sublinguais) produzem o maior volume de saliva. A produção diária de saliva é de sensivelmente 1.500 mL, sendo cerca de 90% produzida pelas parótidas e submandibulares, 5% pelas glândulas sublinguais e 5% pelas glândulas salivares menores.

A ecografia das glândulas salivares é um exame de primeira linha no estudo das glândulas salivares, possibilitando uma boa avaliação dos lobos superficiais da parótida e submandibular, permitindo também uma boa distinção entre massas intra ou extra-glandulares. O exame pode ser solicitado perante alguns sinais e sintomas, como a dor, alterações do sabor, boca seca (xerostomia), entre outros.

Preparação para a ecografia

A ecografia das glândulas salivares não necessita de qualquer preparação prévia, nem necessita de jejum, podendo comer e beber antes do exame, bem como, tomar a medicação habitual caso o médico não dê indicação contrária.

Biópsia das glândulas salivares

A biópsia das glândulas salivares é um método que nos permite uma caraterização definitiva de algumas lesões. Através de uma agulha, por norma guiada por ecografia, são recolhidas pequenas amostras de tecido para posteriormente serem analisadas em laboratório de anatomia patológica.